Santa Apolonia Odontologia
SANTA APOLONIASERVIÇOS ODONTOLÓGICOSTRATAMENTOS ODONTOLÓGICOSFALE CONOSCODIA CLÍNICO
Aftas Bucais
Amamentação e Odontologia
Alimentação na saúde bucal
Antibióticos: eles podem danificar seus dentes?
Traumatismo dentário
Antibiotico X Carie
Articulação Temporo Mandibular
Bifosfonatos e a Odontologia
Bactérias e sua boca!
Boca Seca
Cavidade Oral
Carie, o que é ?
Contaminação: Escovas dentais
Cuidados Dentais Diarios
Dedo X Chupeta
Dentes de leite
Dentes do Siso
Diabete
Disfunção da Articulação Temporo-Mandibular (ATM)
Doença Periodontal
Doença Periodontal: Inimigo Silencioso
Enxaguatórios bucais: é bom usar todo dia?
Erosão Dentária
Herpes
Hipersensibilidade Dentária
Idosos
Laser na Odontologia
Mau hálito
Mobilidade Dental
Odontologia para Gestantes
Odontogeriatria
Prevenir caries?
Prevenção do cancer bucal
Prevenção do Câncer Bucal II

O câncer de boca é mais comum do que se pensa e pode matar. O grande problema do câncer de boca é que, na maioria das vezes, ele é “descoberto” um pouco tarde, aumentando o risco de vida e as seqüelas. Por isso, prevenir é muito importante para um diagnóstico precoce, o que aumenta as chances de cura (com poucas seqüelas).

O câncer de boca aparece como uma ferida comum (ex.: afta), porém ele não dói e também não sara (não cicatriza), crescendo continuamente. Ele também pode surgir como uma mancha (branca, vermelha ou preta) e aumenta de tamanho (“caroços”, “carnes crescidas” e “bolinhas”). Qualquer “ferida” na boca que não desaparece em 21 dias deve ser avaliada por um cirurgião-dentista!

Não se tem por certo o que pode causar o câncer bucal. O fato é que se pode determinar fatores que aumentam as chances de seu surgimento. São os fatores de risco. Os mais comuns são: - fumo, bebidas alcoólicas em excesso, tomar sol em demasia e sem proteção, tendência familiar (hereditariedade) e baixa resistência orgânica (imunidade ).

Tudo o que causa pequenas feridas na boca, durante um longo período de tempo (dente lascado, próteses antigas e que machucam, dentes tortos) também devem ser considerados fatores de risco. Também é importante dizer que, quando o fumo e álcool estão associados, o risco de desenvolver a doença aumenta mais de 100 vezes!

O diagnóstico é simples. Após o exame clínico, o profissional, suspeitando de um tumor maligno, realiza uma biópsia, que consiste na remoção de um pequeno pedaço ou de toda a lesão para ser examinada ao microscópico.

Realizar uma avaliação periódica com seu dentista, suspender os fatores de risco, manter a boca limpa e livre de infecções (boa escovação, ausência de cáries e doença na gengiva), ter uma alimentação saudável e sempre fazer o auto-exame é a melhor maneira de prevenir-se.

Para realizar o auto-exame, vá a frente do espelho, com boa iluminação e vasculhe toda a boca (“bochechas”, língua e embaixo dela, “céu da boca”, gengivas, “campainha” e lábios). Com o auxílio dos olhos e dedos – ver e apalpar , procure qualquer coisa que chame sua atenção (algo novo como uma “bolinha” ou uma mancha ou “carocinho”) e, se encontrar, procure um cirurgião-dentista.

 
Dr. Augusto de Sousa e Silva  - Santa Apolonia Odontologia


SANTA APOLONIA
SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS
ORIENTAÇÕES CLÍNICAS
TRATAMENTOS ODONTOLÓGICOS
FALE CONOSCO
DIA CLÍNICO

Warning: Unknown: write failed: No space left on device (28) in Unknown on line 0

Warning: Unknown: Failed to write session data (files). Please verify that the current setting of session.save_path is correct () in Unknown on line 0